domingo, 16 de agosto de 2009

Ser humano



"... em torno dele soprava o vazio em que um homem se encontra quando vai criar. Desolado, ele provocara a grande solidão. (...) E como um velho que não aprendeu a ler ele mediu a distância que o separava da palavra."

Clarice Lispector


Tão diferentes tão iguais, tão ruins tão bons, tão verdadeiros e tão falsos, todos os seres humanos se auto afirmam, querem mostrar uns aos outros o quão "bons" são, e o quão respeitados deveriam ser. Mostram para alguns ser uma coisa e para outros, outra. Querem ser bons para alguns e ruins para outros. Cada ser tem seu modo de ver o mundo e a vida, mas todos temos o mesmo parecer dela,UM DIA ACABA,RIMOS, CHORAMOS, CANTAMOS, SORRIMOS, ODIAMOS... faz parte do nosso ser e do nosso parecer, e muitas das vezes faz parte do nosso querer, que também é uma das características mais reais do ser humano, a vontade própria. LIVRE ARBÍTRIO, o único, "PODER" QUE TODOS TEMOS REALMENTE temos em mãos, e que a hora que queremos podemos usá-lo sem que ninguém nos diga o que realmente queremos, por mais que possamos sofrer influência... NÓS, somente a nós cabe o direito de aceitar ou não.
Senhores de nós mesmos? ou apenas escolhemos quem queremos ser, onde e como estar e com quem.Todas essas nossas escolhas implicam em amor .... Se devemos ou não “escolher” aquela pessoa, acredito que essa seja uma das maiores e mais difíceis decisões que temos de tomar em nossas vidas, que não só envolve sua vontade, mas tudo o que você vive ou viveu, mudar toda a sua vida em apenas uma palavra de três letras SIM ou NÃO é mais difícil do que todos nós imaginamos ou podemos imaginar.

Humanos... talvez... máquinas; pode ser... somos comandados muitas vezes pela sociedade que nos rodeia, e que acaba sendo nossa “escola”, que nos mostra todos os dias que não temos totalmente vontade própria, mas influências.

Vontade? Não, apenas uma obrigação.

Livre arbítrio? Só se estiver totalmente LIVRE DE SI MESMO (ego)e dos pensamentos que a sociedade nos incute.

Não ouvir talvez o seu coração, mas a sua cabeça? Veja bem se este é o caminho!

Ser feliz? Talvez... faça somente a escolha que lhe caiba bem... usar o livre arbítrio não corrompido...Ser livre? Verdadeiramente... basta querer, cada um faz sua liberdade e seu ser, basta apenas querer e não se corromper...

Só dessa forma se acerta nas escolhas e se encontra a verdadeira felicidade. A verdadeira liberdade,longe de tudo aquilo que esperam de nós, longe de todas as avaliações que se possam ocorrer ao seu respeito. Sem se importar com o que pensam ou deixam de pensar sobre você.
Sofrer???só se esta for a sua escolha. A minha é outra!

(Joice Souza Melo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário