domingo, 17 de maio de 2009

Contabilizando as perdas e ganhos

A vida foi muito generosa para comigo,tive tudo o que se pode desejar!Já venci pobreza .Já viajei a lugares incríveis,mesmo sem imaginar como poderia chegar lá.Tive amores ardentes,amei e fui amada ao extremo.Tive todos os beijos e promessas ao luar.Já me senti rainha e dona do mundo.Tive os filhos que sonhei,Tive juventude e beleza.Algumas pessoas que amei pude dizer adeus,as outras que não pude sei que um dia vou encontrá-las.Tive todo por-do-sol maravilhoso e todo alvorecer resplandescente.E de nada reclamo,do que passei e das dificuldades que suplantei.Deus foi generoso comigo e me trouxe tudo que qualquer mortal pode desejar.E ainda no final,me ensinou uma lição maravilhosa:"somos mais felizes vendo a felicidade daqueles que amamos,acima da nossa própria!"Acho que posso dar a isso o nome de AMOR!Sempre fui lutadora e extremista:"Tudo ou nada!"este foi sempre o meu lema.Talvés seja por isso que sempre consegui tudo que sonhei e nunca desisti,uma teimosa? Mas também sempre tive essa mania insistente de dizer sempre a verdade doa a aquem doer e com isso fui colecionando algumas inimizades ao longo da minha vida.Transformando a minha vida e a dos outros ao meu redor.E mesmo com o corção despedaçado sempre teimo em seguir em frente.

Não sei quando vou jogar a toalha!Quero resistir ainda um pouco mais!Apesar de todas as dores que assolam meu coração fluirem de vez em quando como um rio de lava incandescente queimando meu peito!Tento escondê-la com um sorriso e tentar olhar em frente, a imensidão azul do céu.Afinal a vida imita a arte,as vezes quando estamos sorrindo por fora,choramos por dentro.Este meu jeito palhaça sempre enganou muito bem.Armaduras que usamos para nos proteger,para não ousar que ninguém nos veja cair no chão,afinal é muito mais legal se passar por poderosa e inatingível do que fragil e sentimental.As pessoas em geral não gostam daqueles que assumem suas fraquezas mas dos que ostentam poder e glória.Isto sempre me incomodou.Sempre fui uma pessoa cética,sempre acreditei que nada acontece na vida se não formos atrás do que queremos.Mas agora a essa altura da vida estou aprendendo que esta força e este poder vem lá de cima!Porque será que falamos "Lá de cima?"Talvés porque quando estamos bem nos sentimos mais leves,mais proximos Dele.Então será mesmo que Ele vive no céu?Se vive,cada vez que eu chorar vou olhar para cima e cada vez que eu pensar em desistir vou fitar o céu infinito e a imensidão.Talvés isto apazigue minha alma e me ensine a dar adeus a tantas coisas que eram amadas por mim e que não voltarão mais.Talvés até voltem,mas não da forma que eram.Sei que tenho que me desprender e respirar,apenas continuar respirando...e deixar a vida fluir sem nada esperar pois, quem sabe o que a maré pode me trazer amanhã?"

Nenhum comentário:

Postar um comentário